Segundo a entidade, o mercado fotovoltaico já trouxe mais de R$ 30 bilhões em investimentos privados ao País.

A potência total instalada da fonte solar fotovoltaica no Brasil já ultrapassa a soma das usinas termelétricas à carvão mineral e nucleares no País, aponta levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). De acordo com a entidade, a potência solar totaliza 5.763,5 megawatts (MW), superando os 5.586,8 MW das demais fontes citadas. O mapeamento leva em conta tanto as grandes usinas solares quanto sistemas de geração distribuída.

“Com isso, a potência total solar ultrapassa em quase 4% a destas termelétricas, baseadas em recursos não-renováveis e com maiores impactos ambientais ao longo de todo o seu ciclo de vida”, declarou o presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, Ronaldo Koloszuk.

Segundo a entidade, o mercado solar já trouxe mais de R$ 30 bilhões em investimentos privados ao país, no agregado entre aplicações de pequeno, médio e grande porte. Desse total, R$ 15,52 bilhões foram aplicados em usinas de grande porte, especialmente nas regiões Nordeste e Sudeste. Os demais R$ 14,59 bilhões se referem a investimentos em pequenos e médios sistemas espalhados por todo o território nacional.

Via Bene Energy | Energia solar de verdade

texto por: portal solar

Leave a Reply

Fale no WhatsApp ao vivo
Enviar mensagem