Companhia já utiliza primeira usina do segmento solar inaugurada no dia 31 de março, em Minas Gerais.

A operadora de telefonia fixa Oi SA (OIBR3) anunciou que está desenvolvendo um projeto de energia renovável para reduzir seus custos operacionais em R$ 400 milhões por ano. A ação faz parte dos esforços da companhia para ganhar eficiência e melhorar os resultados financeiros desde que entrou em recuperação judicial em junho de 2016.

Segundo o comunicado da empresa, o projeto envolve 25 usinas de energia solar, biomassa e hidrelétrica com capacidade total instalada de 123 megawatts (MW), enquadradas no modelo de “geração distribuída”.

O comunicado da operadora destaca que a energia produzida será utilizada para abater do consumo de energia de cerca de 20 mil unidades da Oi, entre prédios, estações, torres, lojas e outros imóveis da companhia no Estado.

Segundo a nota, a previsão é que, até o fim de 2020, todas as usinas devem estar em operação, sendo suficiente para suprir 60% do seu consumo energético.

Via Bene Energy | Energia solar de verdade

texto por: portal solar

Leave a Reply

Fale no WhatsApp ao vivo
Enviar mensagem